Os 5 Pilares De Sucesso Da Logística Eficiente Para Sua Empresa

Logística Eficiente

Quando se fala em Logística, logo se entende que existe gestão em transporte de cargas, seja ele rodoviário, ferroviário, por avião ou navio. A Logística é a gestão de transporte eficiente e precisa ter atenção redobrada se quiser ter sucesso em todo processo, garantindo inclusive, o bom funcionamento da empresa como um todo.

Para funcionar de verdade, a Logística Eficiente precisa seguir 5 pilares de sucesso, que quando obedecidas na sua ordem, faz com que todos os processos fiquem mais fáceis, organizados e os resultados sempre positivos. Veja agora, os 5 pilares de Sucesso da Logística Eficiente.

Planejamento

A primeira coisa que deve ser feito e pensado é o planejamento. Sem planejamento, fica inviável fazer qualquer processo e obter sucesso. O Planejamento consiste em determinar um objetivo e criar planos para se chegar a esse objetivo.

Por exemplo, se o objetivo é aumentar as entregas em menos tempo do que o prazo final do cliente, é necessário ter ideias que supram essa necessidade, como aumentar a frota ou vender apenas para clientes mais próximos dos pontos de distribuição. Dentro de cada objetivo, pode-se determinar as metas, ou seja, objetivos em um curto espaço de tempo que podem ser sanados e criar soluções mais rapidamente.

Além disso, a fase de Planejamento pode parecer um tanto quanto demorada, porém é mais do que necessária, principalmente quando problemas acontecem no meio do percurso, o que é muito comum. Com um Planejamento bem desenhado, fica fácil saber o momento certo de modificar algum plano ou de mantê-lo, além de saber identificar as dificuldades e como se sobressair a elas.

A Logística Eficiente necessita de um planejamento coerente, que siga à risca regras e caminhos para chegar onde deseja. Antes de agir é  preciso saber exatamente como deve ser essa ação, para que cada passo tenha sentido e chegue com sucesso ao fim proposto.

Estratégias

Diferente do Planejamento, as estratégias são as definições que deverão ser tomadas para alcançar o objetivo, sendo que a estratégia funciona como um mapeamento daquilo que já existe para otimização dos serviços e produtos. Na estratégia, se observa as fábricas, empresas, centros de distribuição, galpões e frotas, além de fornecedores e investidores.

Para uma estratégia eficiente que garanta uma Logística mais correta, é fundamental que sempre esteja sendo observado as mudanças naturais que acontecem, ou seja, situações que possam alterar cronogramas e o planejamento inicial, e que necessita de um adendo para uma revisão de novos caminhos a serem tomados. A estratégia possibilita que a visão Logística fique mais clara, assim como os recursos que existem e o que é preciso ser adquirido para chegar no objetivo final.

Sistema Tático

Com o objetivo certo a ser atingido, a estratégia necessária para se chegar, é preciso saber os recursos à disposição para conquistar todos esses benefícios. Não adianta querer entregar com mais rapidez e qualidade, se a frota continua a mesma ou o serviço é precário à ponto dos produtos chegarem em péssimo estado nas mãos dos clientes.

É preciso entender quais os recursos disponíveis como qual a frota atual, qual o valor que se possui no momento para alcançar objetivo e o que está impedindo de chegar lá. Com esses dados, é possível passar para o próximo nível e efetivamente começar a fazer a logística girar da forma certa.

Operacional

O nível Operacional é ação de tudo aquilo que antes só estava no papel. No Operacional, os gestores logísticos precisam criar inventários e relatórios que demonstrem a movimentação do entre e sai de produtos e posicionar como está se saindo a frota nessa questão.

Com um planejamento consistente desde o início, na hora de posicionar o operacional, fica mais simplificado identificar problemas e solucioná-los, como por exemplo, excesso de estoque de um determinado produto, que poderá ter baixas significativas com descontos e promoções especiais ou alguns veículos da frota com problemas de manutenção, organizando datas para revisão de cada um e evitando surpresas desagradáveis.

Redução De Custos

Redução De CustosUma das metas que uma gestão Logística de sucesso deve frisar, é em reduzir os custos e consequentemente as perdas, para uma distribuição que seja também mais adequada e menos onerosa para o bolso da empresa e não retorne ainda mais cara para os clientes, na hora de comprar produtos.

Planejamento precisa sempre definir ideias e estratégias que visem a redução de custos e que isso se torne não só uma economia para a empresa, mas converta-se em preços mais baixos para os clientes, já que uma logística bem feita, entregará produtos em ótima qualidade, dentro ou antes do prazo.

Alguns exemplos de redução de custos que geram benefícios logísticos, são os veículos que entregam produtos mas também possuem um cronograma específico de buscar produtos em devolução, evitando que outro carro seja designado apenas para isso, gerando mais consumo de combustível e necessidade de manutenção.

You Might Also Like